O ESPAÇO VIVIDO

 

VOLTAR

Tempestade solar deverá provocar fenômeno da aurora

A atmosfera terrestre deverá interagir com uma intensa tempestade geomagnética no decorrer desta segunda-feira, com provável formação do fenômeno da aurora, que poderá ser acompanhado por observadores da Europa, da Ásia e da América do Norte

Esta tempestade geomagnética foi formada por explosões solares de classes "M8" e "X2", ocorridas no último dia 15, na região da mancha solar gigante 720, e que formaram duas emissões coronares de massa em direção à Terra.

A aurora é formada pela interação entre o vento solar e o campo magnético da Terra, quando parte das partículas solares ficam presas na região da Ionosfera, e ao encontrar os gases presentes na mesma, formam o espetáculo da aurora, que pode apresentar tonalidades de verde, azul roxo e violeta, dependendo dos diferentes gases da ionosfera.

Além do fenômeno visual da aurora, as tempestades solares mais intensas geralmente afetam o funcionamento de satélites, podendo inclusive danificá-los. A intensa quantidade de eletricidade liberada durante o fenômeno ainda pode prejudicar o sinal de televisão e de rádio.

Leia também: